Notícias do mercado imobiliário

Primeira usina de etanol de milho do país é lançad

A primeira usina de etanol de milho a ser construída no Brasil será em Chapadão do Sul (MS). Com investimentos iniciais previstos em mais de 140 milhões de dólares, a BioUrja do Brasil Agroindustrial lançou, nesta quinta-feira (18), sua pedra fundamental.

O empreendimento absorverá a produção de milho da região como matéria-prima para a produção de etanol hidratado e anidro, além de fazer o processamento de farelo de milho de alto valor proteico (Dries Destilled Grain with Solubles – DDGS, componente de ração animal), produção de Dióxido de Carbono (CO2) – gás utilizado na fabricação de refrigerantes, entre outras aplicações –, além da geração de energia para abastecer o seu parque industrial.

A solenidade aconteceu às margens da rodovia MS 306, no Km 119, na saída para Costa Rica (MS), onde será construída a usina, e contou com a presença do governador André Puccinelli e do fundador e CEO da BioUrja, Amit Bhandari.

O gerente de operações da BioUrja no Brasil, Marcos Machado informou que a construção da usina deve ter início ainda no primeiro semestre de 2015 e que a previsão inicial é gerar 150 empregos diretos e 600 indiretos. Segundo ele, o objetivo é contratar mão-de-obra no município.“Pela pujança que pudemos observar em Chapadão, por poder utilizar mão de obra local e matéria-prima produzida aqui, decidimos instalar a primeira planta de etanol de milho do Brasil”, explicou.

O Governador André Puccinelli destacou a importância da transformação da matéria prima onde ela é produzida, agregando valor aos produtos, gerando emprego e melhorando a qualidade de vida da população. “Se as 350 mil toneladas de milho produzidas aqui fossem exportadas, os tributos deixariam de ser computados para os nossos cofres e deixariam de gerar emprego e renda e não poderiam proporcionar qualidade de vida aos sul-mato-grossenses”, concluiu.
19/09/2014

Últimas notícias