Notícias do mercado imobiliário

Maior complexo eólico da América Latina

Maior complexo eólico da América Latina está sendo implantado no Rio Grande do Sul
Complexo Eólico Campos Neutrais terá 583 MW de capacidade instalada. Até 2016, região próxima à fronteira com o Uruguai também ganhará outro empreendimento.
A Eletrosul, subsidiária da Eletrobrás, está investindo R$ 3,5 bilhões na implantação de dois complexos eólicos que vão operar na região próxima à fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai. A previsão é de que os empreendimentos comecem a operar até 2016.
O Complexo Eólico Campos Neutrais, que vai contar com três parques e somar 583 MW de capacidade instalada, será o maior da América Latina. O Parque Eólico Geribatu terá 258 MW de capacidade divididos em dez usinas e está em implantação. Já o Parque Eólico Chuí, com 144 MW, tem duas das seis usinas e está em fase inicial de obras. O Parque Hermenegildo, por fim, possuirá 13 usinas com 181 MW e aguarda licença de instalação para mobilização do canteiro de obras.
Em Santana do Livramento, o Complexo Cerro Chato, que opera desde 2011, está sendo ampliado com mais cinco usinas para acrescentar 78 MW à capacidade atual instalada, de 90 MW: Cerro dos Trindade (8 MW) e Cerro Chato IV (10 MW), que já estão operando comercialmente; Cerro Chato V (12 MW), que opera em testes; e Cerro Chato VI e Ibirapuitã I, que deverão ser concluídas até o segundo semestre de 2014.
22/09/2014

Últimas notícias