COMPLEXO PORTUÁRIO E INDUSTRIAL DO PECÉM

Área para Incorporação Ref: TP001
Praia do Pecém, São Gonçalo do Amarante - CE

Terreno situado apenas 12km do Porto do Pecém, zona de expansão com crescente valorização e carente de residencias e comércios na região, uma zona excelente para criação de uma Cidade Nova para atender a demanda do Complexo Portuário e Industrial do Pecém. Documentação 100% ok, e pronto para elaboração de grandes projetos, sendo que existem 13 matrículas, podendo se negociado por parte, de acordo com o investimento do cliente. Com início de operações em 2002, o Porto do Pecém cresce aceleradamente em muitas das áreas de atuação. Ocupa também uma localização privilegiada e conta com modernas instalações portuárias. Uma das grandes vantagens do Pecém é a proximidade com a costa Leste dos Estados Unidos e países da Europa, com tempos de viagem, respectivamente, de seis e sete dias. O porto é um moderno terminal integrado ao Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), concebido com o objetivo de impulsionar o desenvolvimento econômico do Ceará, contando com uma administração conjugada com as atividades da Secretaria da Receita Federal, Polícia Federal, Ibama, Capitania dos Portos, Secretaria Estadual da Fazenda, Secretaria de Agricultura e Uvagro/Pecém. O Pecém é um terminal off-shore abrigado que recebe navios de até 175 mil tpb, com calado máximo de 15,5 m. Suas instalações de acostagem contam com dois píeres: um destinado a produtos siderúrgicos, cargas gerais e contêineres e outro destinado a granéis líquidos, derivados e petróleo e onde se encontra instalado o terminal de regaseificação da Petrobrás. O acesso se dá por uma ponte de 2.142 m de comprimento por 7,20 m de largura e faixa lateral de 1,30 m para pedestres, apresentando as mesmas características técnicas de uma rodovia federal. As instalações de armazenagem do Pecém contam com um pátio de 380 mil m², dois armazéns cobertos, cerca de mil tomadas para ligação de contêineres refrigerados, câmaras frigoríficas e quatro balanças rodoviárias, dispondo ainda de modernos equipamentos de carga e descarga, dentre eles um descarregador de navios com capacidade de até 1.250 t/h e cinco guindastes de múltiplo uso com capacidade de até 140 t. Apesar do pouco tempo de operação, o terminal do Pecém já apresenta resultados satisfatórios, se comparado com os demais portos brasileiros. O porto é hoje o terminal líder no Brasil na exportação de frutas, pescados e calçados. Expansão estratégica e necessária Foram movimentadas 1.015.600 t de mercadorias no Porto do Pecém de janeiro a maio de 2010. Isto representa um aumento de 85% em relação ao igual período de 2009. A movimentação de contêineres foi de 57.423 unidades, o que significa um aumento de 35% sobre o mesmo trimestre de 2009. O porto já necessita ter maior infraestrutura. Em 2011, o Terminal Portuário do Pecém conclui uma série de melhorias que proporcionou uma expansão nas suas atividades, com a concretização de importantes obras que possibilitou ampliar a sua estrutura em capacidade.