Destaques

Praia das Fontes: Um Lugar Lindo e Perfeito para Investir

Localizada no município de Beberibe, há 87km de Fortaleza, na Praia das Fontes os visitantes se deleitam com a presença de dunas e falésias coloridas, de onde jorram fontes de água doce e no meio das dunas se deparam com a Lagoa da Uberaba, cujas águas abastecem a sede do município. A praia tem uma colônia de pescadores e oferece uma ótima rede hoteleira, inclusive um resort. Os passeios de buggy sobre as dunas são um espetáculo à parte (é neste local que o humorista Renato Aragão filma cenários de desertos, tão comum em seus filmes). O tour pelas dunas inclui: Gruta da Açucena, fontes de água doce, passeio nas dunas, skibunda e Lagoa do Uruaú. É fácil encontrar um motorista credenciado em frente ao Hotel Praia das Fontes. Lagoa do Uruaú Quem vai à Praia das Fontes não pode deixar de conhecer a Lagoa do Uruaú. Considerada uma das maiores do Estado, a lagoa é cercada por casas de veraneio e é ideal para a prática de esportes aquáticos – jet ski, lancha, esqui aquático. Margeando a lagoa, o turista encontra uma boa infra-estrutura de barracas com peixe, camarão, carangueijo e bebidas geladas. Para chegar à lagoa, partindo da Praia das Fontes, siga a estrada no sentido leste até o vilarejo de Uruaú. Suba pelas ruas do vilarejo seguindo o sangradouro da lagoa. Por este caminho só é possível chegar em carros com tração 4×4. Outra opção para chegar ao local é através da Praia da Sucatinga, que fica aproximadamente a 7km da entrada de Beberibe. O caminho é cercado por dunas – um ótimo atrativo para a prática de off road (quadriciclo, motocross etc). Na Praia da Sucatinga está a Praia dos Anjos, local de filmagem do primeiro episódio do programa No Limite, da Rede Globo. QUER INVESTIR EM TERRENOS PARA HOTEL, POUSADAS, CASAS, LOTEAMENTOS OU RESORT, SOLICITE AGORA SUA NECESSIDADE!

Consulte

Praia das Fontes

Ref. TR0052

Praia de Moitas: Terrenos para Loteamento ou Hotel

Praia de Moitas é uma praia brasileira localizada no município de Amontada no Ceará. Está localizada a 6 km da praia de Icaraí de Amontada e a 227 km de Fortaleza. Na praia está a sede do distrito de Moitas. É nesta praia que está localizada a foz do rio Aracatiaçu. Nos últimos anos vem se tornando um destino turístico bastante visitado, principalmente devido as suas belezas naturais. Tem também se estruturado quanto a hotelaria, contando hoje com pousadas que possuem estrutura para atender turistas e visitantes. Basta um fim de semana explorando as belezas naturais, saboreando a comida e a hospitalidade dos moradores da modesta vila de pescadores, para se convencer de que o termo "Paraíso" carece de um novo verbete entre seus sinônimos: Praia de Moitas. A tarefa de retratar a atmosfera de paz, o mar calmo, a tranquilidade e os encantos dessa praia pouco badalada do litoral Oeste não é das mais fáceis. Há que se usar muitos adjetivos para traduzir o que esse cantinho tipicamente cearense conseguiu manter preservado. O lugarejo exala simplicidade e um certo ar selvagem que alguns costumam comparar (respeitados os limites, claro) com a magia de Jericoacoara nos anos 1980. Aliás, Moitas fica no meio do caminho para quem está indo ou voltando de Jeri. Não são poucas as pessoas que são levadas pela propaganda "boca a boca" e fazem uma parada no local para matar a curiosidade. Muitos acabam esticando a estadia ou planejam um retorno depois de conhecer o vilarejo. Distante 230 quilômetros de Fortaleza, viajar até Moitas de carro é tranquilo. Basta seguir pela Rodovia do Sol Poente (CE 085). O percurso demora, em média, três horas. Mar calmo e gente simples Quem está acostumado a viajar pelas praias cearenses se hospedando em resorts e pousadas mais luxuosas, certamente vai estranhar a "anatomia" nada urbana de Moitas. Com ar bem interiorano, na vila não existem grandes construções. A maior parte dos moradores vive da pesca e da agricultura. São bons de prosa e têm em comum uma incrível consciência ecológica. Chegando à praia é impossível não querer correr imediatamente para dar um mergulho. O mar, como dizem os surfistas, é flat, ou seja, muito calmo e quase sem ondas. Olhando o horizonte verde-azulado, o que se vê são os "currais" de peixes - reativados há dois anos - e dezenas de pequenos barcos esperando a hora de voltar com as redes cheias. Até esse ritual, vira atração para quem é de fora e quer ver de perto espécies como beijupirá, peixe-espada, tainhas, guarajuba, peixe-serra, carapeba e outras delícias que povoam o mar e se transformam depois em pratos deliciosos nas casas dos nativos e também na Barraca da Queila, a mais famosa da vila. Lá, de frente para o mar, come-se muito bem. Um almoço para três pessoas sai por R$ 60,00. A uma quadra da praia fica outro recanto para quem aprecia boa gastronomia: o bar e restaurante Casa Velha. Além de uma decoração rústica e do ambiente aconchegante, vale muito a pena experimentar o Robalo na Brasa. Temos boas opções de terrenos, lotes e casas nesse paraíso, solicite agora sua preferência, e teremos o maior prazer em atendê-lo.

Consulte

Praia de Moitas

Ref. TR0061

Praia de Moitas: Terrenos e Lotes

Praia de Moitas é uma praia brasileira localizada no município de Amontada no Ceará. Está localizada a 6 km da praia de Icaraí de Amontada e a 227 km de Fortaleza. Na praia está a sede do distrito de Moitas. É nesta praia que está localizada a foz do rio Aracatiaçu. Nos últimos anos vem se tornando um destino turístico bastante visitado, principalmente devido as suas belezas naturais. Tem também se estruturado quanto a hotelaria, contando hoje com pousadas que possuem estrutura para atender turistas e visitantes. Basta um fim de semana explorando as belezas naturais, saboreando a comida e a hospitalidade dos moradores da modesta vila de pescadores, para se convencer de que o termo "Paraíso" carece de um novo verbete entre seus sinônimos: Praia de Moitas. A tarefa de retratar a atmosfera de paz, o mar calmo, a tranquilidade e os encantos dessa praia pouco badalada do litoral Oeste não é das mais fáceis. Há que se usar muitos adjetivos para traduzir o que esse cantinho tipicamente cearense conseguiu manter preservado. O lugarejo exala simplicidade e um certo ar selvagem que alguns costumam comparar (respeitados os limites, claro) com a magia de Jericoacoara nos anos 1980. Aliás, Moitas fica no meio do caminho para quem está indo ou voltando de Jeri. Não são poucas as pessoas que são levadas pela propaganda "boca a boca" e fazem uma parada no local para matar a curiosidade. Muitos acabam esticando a estadia ou planejam um retorno depois de conhecer o vilarejo. Distante 230 quilômetros de Fortaleza, viajar até Moitas de carro é tranquilo. Basta seguir pela Rodovia do Sol Poente (CE 085). O percurso demora, em média, três horas. Mar calmo e gente simples Quem está acostumado a viajar pelas praias cearenses se hospedando em resorts e pousadas mais luxuosas, certamente vai estranhar a "anatomia" nada urbana de Moitas. Com ar bem interiorano, na vila não existem grandes construções. A maior parte dos moradores vive da pesca e da agricultura. São bons de prosa e têm em comum uma incrível consciência ecológica. Chegando à praia é impossível não querer correr imediatamente para dar um mergulho. O mar, como dizem os surfistas, é flat, ou seja, muito calmo e quase sem ondas. Olhando o horizonte verde-azulado, o que se vê são os "currais" de peixes - reativados há dois anos - e dezenas de pequenos barcos esperando a hora de voltar com as redes cheias. Até esse ritual, vira atração para quem é de fora e quer ver de perto espécies como beijupirá, peixe-espada, tainhas, guarajuba, peixe-serra, carapeba e outras delícias que povoam o mar e se transformam depois em pratos deliciosos nas casas dos nativos e também na Barraca da Queila, a mais famosa da vila. Lá, de frente para o mar, come-se muito bem. Um almoço para três pessoas sai por R$ 60,00. A uma quadra da praia fica outro recanto para quem aprecia boa gastronomia: o bar e restaurante Casa Velha. Além de uma decoração rústica e do ambiente aconchegante, vale muito a pena experimentar o Robalo na Brasa. Temos boas opções de terrenos, lotes e casas nesse paraíso, solicite agora sua preferência, e teremos o maior prazer em atendê-lo.

Consulte

Praia de Moitas

Ref. TR0059

As melhores opções de Terrenos em São Paulo para Loteamentos

Temos áreas para Loteamentos Vertical e Horizontal em todo Estado de São Paulo, solicite agora sua necessidade, que enviaremos nosso portfólio de terrenos na Região. São Paulo é uma das 27 unidades federativas do Brasil. Está situado na Região Sudeste e tem por limites os estados de Minas Gerais a norte e nordeste, Paraná a sul, Rio de Janeiro a leste e Mato Grosso do Sul a oeste, além do Oceano Atlântico a sudeste. É dividido em 645 municípios e sua área total é de 248 222,362 km², o que equivale a 2,9% da superfície do Brasil, sendo pouco maior que o Reino Unido. Sua capital é o município de São Paulo e seu atual governador é João Doria . Com mais de 45 milhões de habitantes,[4] ou cerca de 22% da população brasileira, é o estado mais populoso do Brasil, a terceira unidade política mais populosa da América do Sul (superado pela Colômbia e pelo restante da federação brasileira) e a subdivisão nacional mais populosa do continente americano. A população paulista é uma das mais diversificadas do país e descende principalmente de italianos, que começaram a emigrar para o país no fim do século XIX, de portugueses, que colonizaram o Brasil e instalaram os primeiros assentamentos europeus na região, de povos ameríndios nativos, de povos africanos e de migrantes de outras regiões do país. Outras grandes correntes imigratórias, como de árabes, alemães, espanhóis, japoneses e chineses, também tiveram presença significativa na composição étnica da população local. A área que hoje corresponde ao território paulista já era habitada por povos indígenas desde aproximadamente 12000 a.C. No início do século XVI, o litoral da região começou a ser visitado por navegadores portugueses e espanhóis. No entanto, apenas em 1532 o português Martim Afonso de Sousa iria fundar a primeira povoação de origem europeia — a vila de São Vicente, na atual Baixada Santista. No século XVII, os bandeirantes paulistas intensificaram a exploração do interior da colônia, o que acabou por expandir os domínios territoriais dos portugueses na América do Sul. No século XVIII, após a instituição da Capitania de São Paulo, a região começa a ganhar peso político. Após a independência, durante o Império, São Paulo começa a se tornar um grande produtor agrícola (principalmente de café), o que acaba por criar uma rica oligarquia rural regional, que iria se alternar no comando do governo brasileiro com as elites mineiras durante o início do período republicano. Sob o regime de Vargas, o estado é um dos primeiros a iniciar um processo de industrialização e sua população se torna uma das mais urbanas da federação. Segundo o IBGE, em pesquisa realizada em setembro de 2015, São Paulo tinha a maior produção industrial do país, com o maior PIB entre todos os estados brasileiros. Em 2016, a economia paulista respondia por cerca de 32,5% do total de riquezas produzidas no país, o que tornou o estado conhecido como a "locomotiva do Brasil". O PIB paulista equivale à soma das economias de Argentina, Uruguai, Paraguai e Bolívia. Se fosse um país independente, seu PIB nominal poderia ser classificado entre os 20 maiores do mundo (estimativa de 2010). Além da grande economia, São Paulo possui bons índices sociais em comparação ao registrados no restante do país, como o segundo maior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), o segundo maior PIB per capita, a segunda menor taxa de mortalidade infantil, a menor taxa de homicídios e a quarta menor taxa de analfabetismo entre as unidades federativas brasileiras.

Consulte

Ref. TR0073